background Layer 1

Mudar a senha

Formato de email incorreto
Por favor complete reCAPTCHA
mail inbox

Confira seu email

Instruções para redefinição de senha foram enviadas para o seu email. Não se esqueça de conferir a caixa de spam.

Crie uma conta

Redefinir senha

Sua senha deve ter pelo menos 6 caracteres
done

Feito!

Sua senha foi modificada com sucesso.

Você já ouviu falar de social selling? Esse termo, que pode ser traduzido livremente para o português como vendas sociais, é uma abordagem que permite aos vendedores se aproximarem dos clientes em potencial por meio das redes sociais. O objetivo é estabelecer relacionamentos mais duradouros, evitando práticas desgastadas.

Quer saber melhor sobre como utilizar essa estratégia? Nesta matéria, tiramos todas as suas dúvidas e explicamos quais são as principais redes sociais nas quais você pode atuar para desenvolver as suas vendas. Afinal, se você ainda não incorporou social selling ao seu funil, provavelmente já está perdendo negócios.

    Social selling

    O que é social selling?

    Bom, vamos começar explicando melhor esse conceito dentro do marketing digital. Social selling é a arte de usar as redes sociais para:

    • Encontrar 🔎
    • Conectar-se 💞
    • Compreender 💭
    • Nutrir clientes em potencial💥

    É uma maneira moderna de desenvolver relacionamentos em longo prazo com possíveis clientes para se tornar referência no mercado e fechar vendas com menos esforço.

    👆 Essa estratégia é considerada inovadora, pois rompe com uma metodologia bastante tradicional usada por muitos departamentos comerciais: inundar os prospects com ligações ou e-mails indesejados.

    Se você tem uma página comercial do Facebook, perfil no LinkedIn ou conta profissional no Twitter, já começou a desenvolver os primeiros passos do social selling, mesmo que nunca tenha realmente usado o termo para descrever suas atividades online.

    Mas não se trata somente de entender por meio de suas redes sociais quais os perfis dos seus possíveis contratos, é preciso construir pontes com eles para desenvolver uma parceria duradoura. É mais ou menos como um relacionamento amoroso. Se você pedir a pessoa em casamento logo no primeiro dia, provavelmente ela vai sair correndo, não é mesmo? É preciso ter tempo de paquera e namoro até o dia do "sim".

    No social selling, a lógica é a mesma: nutrir os prospects e esperar o momento certo para a venda, entendendo as "dores" e "angústias" do cliente e se colocando como a solução.

    📚Leitura recomendada: O que é venda conversacional?

    Por que é interessante utilizar essa estratégia?

    Para falar das vantagens de usar o social selling, primeiro vamos comentar as desvantagens da forma tradicional de fazer vendas. Quem aqui já se irritou com departamentos comerciais que ligam incansavelmente e nas piores situações possíveis? Creio que todo mundo que está lendo esse texto já teve uma experiência dessa e ficou sem nem poder ouvir o nome da empresa insistente.

    Por isso, desenvolver uma abordagem social selling é tão importante. É preciso dar uma nova roupagem aos departamentos comerciais. E as estatísticas estão aí para provar: segundo dados da plataforma Hootsuite, 78% de quem utiliza essa abordagem vende mais.

    Conheça abaixo os quatro principais pilares:

    1. Reconhecimento de marca 💎

    Os consumidores são cada vez mais seletivos e só trabalham com fornecedores em quem possam confiar. Uma marca forte mostra que a sua empresa é um participante ativa em seu setor. Isso leva a mais contatos e gera mais interesse de clientes em potencial.

    2. Maior entendimento do mercado 💭

    A venda social permite que você encontre e se conecte com prospects de forma mais eficaz do que as vendas tradicionais. É importante acompanhar o que os seus clientes atuais e potenciais compartilham: eles normalmente dizem o que precisam e é o papel do profissional de vendas prestar atenção.

    3. Envolvimento nos assuntos relevantes 💫

    Posicione-se como um especialista no assunto, compartilhando conteúdos relevantes do seu setor, mantendo o foco em auxiliar os possíveis clientes.

    4. Construção de relacionamentos 💕

    Conquiste a confiança do seu público, compartilhando suas perspectivas e ajudando com informações relevantes para solucionar problemas do seu nicho. Abra o diálogo primeiro para, só depois, oferecer qualquer produto ou serviço.

    Principais redes sociais para usar estratégia de social selling

    A dica é manter a participação ativa, seja no seu perfil pessoal (especialmente no Linkedin) ou nas páginas empresariais. Esteja também nos muitos grupos de debate presentes em redes como o Facebook e o Linkedin.

    Twitter

    O Twitter é uma das melhores redes sociais para o monitoramento de temas e tendências. O que as pessoas estão falando? Quais são os debates? Exercite essa escuta social e analise sempre o papel da sua empresa neste contexto.

    LinkedIn

    Por ser uma rede social profissional, é sem dúvidas a mais importante para social selling. Essa relevância aumenta ainda mais se o seu negócio for B2B. Afinal, 50% dos compradores B2B usam o LinkedIn como um recurso ao tomar decisões de compra. Siga os seus prospects e se posicione como referência nas conversas que eles levantarem.

    Facebook e Instagram

    Algumas pessoas simplesmente não querem misturar negócios e prazer. Por isso, cuidado com abordagens no Facebook ou Instagram. Evite, por exemplo, enviar pedidos de amizade para contatos de negócios ou clientes em potencial. Em vez disso, trabalhe para atrair pessoas às suas páginas e utilize todas as ferramentas de vendas que as plataforma oferecem para expor os seus produtos ou serviços.

    WhatsApp

    É uma ótima ferramenta para mandar o canal aberto com prospects em estágio mais avançado, enviando conteúdos que tenham a ver com o que já foi abordado. Também pode ser ótima para nutrir os clientes atuais com informações, a fim de realizar novas vendas.

    📚Leitura recomendada: Usando o WhatsApp para empresas

    Auxílio de uma agência parceira

    Nem todas as empresas estão preparadas para mudar a abordagem de vendas para social selling. Por isso, pode ser interessante a contratação de uma agência ou consultoria de comunicação para auxiliar o trabalho. A agência Interteia Comunicação , por exemplo, já realizou diversas estratégias para empresas de todos os portes. Os profissionais ajudam a mapear as jornadas dos clientes e auxiliar a integração entre vendas e marketing com foco em estratégias assertivas em todas as etapas.

    Transforme suas vendas com a amoCRM!




    O amoCRM é um centro de comunicação para todas as suas valiosas conversas comerciais. Cada cliente em potencial obtém seu próprio perfil completo, onde você pode se comunicar com eles usando seus canais favoritos: telefone, SMS, email ou métodos de mensagem como o WhatsApp.

    ✅Comunique-se no cartão lead - sem aplicativos de troca!
    ✅Meios de mensagens, SMS, e-mail e telefone
    ✅Modelos personalizados de e-mail e WhatsApp
    ✅Envie mensagens do WhatsApp automaticamente
    ✅WhatsApp chatbot com detecção de intenção

    #
    Tudo Vendas conversacionais
    Avatar de Vivian Peres
    Vivian Peres

    Especialista em marketing digital. Graduada em comunicação social pela Unesp com pós‐graduação em relações internacionais pela Fesp‐SP e MBA em marketing pela ESPM. Tem mais de 400 horas de experiência em gestão de projetos usando técnicas de design thinking.

    Conteúdos

      // Mais posts

      Como aumentar as vendas na internet

      Vendas Conversacionais

      Guia das Vendas conversacionais

      Vendas conversacionais

      O que é venda conversacional?

      Pronto para testar o amoCRM?